Arquivos do P29BR

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

P29BR 29ER COMPARATIVE / 29 X 27.5 X 26


Lado a lado os três principais desafiantes.


















Em minha coluna publicada na última edição da Revista Bike Action, falei um pouco sobre o formato "intermediário" conhecido como 650B. A foto publicada na revista está muito pequena e não representa a real proporção de diferença entre os três diâmetros, sendo assim, aproveito para reproduzir aqui texto e fotos.

Com a clara consolidação do formato 29er nos últimos anos e a consequente disseminação das bicicletas equipadas com rodas grandes mundo off-road afora, você, mountain biker e leitor do P29BR, já deve ter acompanhado acaloradas discussões daqueles que defendem a supremacia do aro 29 sobre o 26 e vice-versa. Pois bem, pelo menos em terras americanas, os dois oponentes mais famosos ganharam nesses embates a companhia de um novo desafiante, um formato de diâmetro intermediário conhecido como 650B.

Novo em termos de Mountain Biking, mas nem tanto em se tratando do universo das duas rodas, o aro 650B já era usado há algum tempo na Europa em bicicletas híbridas e de uso urbano. Foi então que pelas mãos do americano Kirk Pacenti, um framebuilder independente de grande experiência, que já trabalhou entre outros com o mestre Keith Bontrager, que o formato aportou nos Estados Unidos e ganhou holofotes na edição de 2007 da NHABS, North American Handmade Bicycle Show.

O diâmetro externo de um pneu de MTB perfil 2.0 polegadas montado em um aro 650B resulta numa medida em torno de 27.5 polegadas, número adotado para também nomear o formato. Coincidência ou não, as 27.5 estão exatamente no meio do caminho entre as rodas de 29 e as de 26 polegadas. Por falar em pneus, os primeiros exemplares 27.5 eram na realidade pneus WTB 26 polegadas adaptados pelo próprio Pacenti. Por “adaptados” entenda-se “com a lateral aparada à mão” para que pudessem servir nos aros maiores. Posteriormente, Kirk bancou junto à Panaracer a produção do primeiro pneu específico 650B para uma mountain bike, o Pacenti Neo-Moto 27.5x2.3”. Hoje, três anos depois, são encontrados ainda exemplares das marcas Kenda, WTB e Schwalbe.

A idéia principal do 650B, segundo seu maior incentivador, seria a de contar com o melhor de dois mundos, ou seja, se aproveitar da rolagem superior de uma roda de maior diâmetro, sem a necessidade de grandes adaptações na geometria das bikes e equipamentos criados para o aro 26. Pacenti, por exemplo, salienta que alguns modelos de suspensões fabricadas originalmente para o aro 26, permitem sem qualquer adaptação a montagem de rodas 27.5. Apesar desse discurso otimista em relação ao formato 650B, não se pode esquecer que no caso das 29ers a maturidade custou vários anos de desenvolvimento até se produzirem máquinas eficientes como as que estão hoje no mercado.

Tecnicamente, a vantagem das rodonas em geral sobre o consolidado padrão de 26 polegadas é evidente em se considerando apenas a maior facilidade em transpor obstáculos. Com essa constatação em mente, num primeiro momento alguns desavisados poderiam supor que, desde que quadro e garfo ofereçam espaço suficiente, vestir uma aro 26 com rodas de 27.5 polegadas resultaria numa instantânea melhora no desempenho do conjunto, entretanto nada é mais equivocado, já que existe muito mais ciência por trás dos grandes formatos. Um motivo fundamental para o sucesso das rodas grandes no mountain biking reside na benéfica diferença de altura entre o eixo das rodas e a concha do movimento central. Apesar da altura do central em relação ao solo ser similar em se tratando de bikes aro 26, 27.5 ou 29, nos formatos maiores, o movimento central pode estar até 60cm abaixo do eixo das rodas, o que lhes confere estabilidade extra e um desempenho incrível em curvas, visto que nesses casos grande parte do peso do piloto estaria concentrado abaixo do eixo das rodas. O número conhecido como “bottom bracket drop”, usado para quantificar a relação eixo X central, chega a ser pelo menos 5 vezes menor numa bike aro 26.

Como especialista em 29ers, mesmo depois de toda informação que já havia pesquisado e todos os comparativos lidos a respeito do tema, era imperativo por à prova as rodas “médias”, ainda que o formato 27.5 parecesse um pouco distante da realidade brasileira. Numa conversa com meu amigo José Luiz Bovo, lojista na cidade de Sorocaba e outro fanático por 29ers, para minha surpresa, tomei conhecimento que os aros usados nas bicicletas Caloi Barraforte tem a medida 26 1.½, ou seja, 26+1+0.5=27.5! Isso mesmo, os aros originais de uma bike bastante conhecida e presente no cotidiano de muitos brasileiros, servem perfeitamente para o propósito de montar uma roda 650B. A VZAN, que já dispunha do produto em sua linha, gentilmente cedeu um exemplar do modelo Escape 250. Pelas mão de Fernando “Grandão” Souza, mecânico oficial do P29BR e da Anderson Bicicletas, nasceu a primeira roda 27.5” do mountain biking nacional. Faltava apenas o pneu, não restando outra opção que não a de importar um, o escolhido foi o famoso Kenda Nevegal na medida 27.5x2.1.

O formato 27.5 está para o Mountain Biking nos dias de hoje assim como as 29ers estavam longínquos oito anos atrás, ou seja, a oferta de quadros e componentes é limitada, mesmo em terras norte-americanas. Até o momento, apenas duas das grandes marcas se interessaram em produzir modelos com rodas 650B, a Haro desde o ano de 2009 com a linha Beasley e mais recentemente a KHS com a SixFifty606. A grande maioria das opções está ainda concentrada em marcas menores, pouco acessíveis ao consumidor brasileiro. Pela falta absoluta de modelos específicos em nosso país, precisei que buscar uma alternativa para conduzir as provas, tendo que lançar mão da bike de testes do P29BR, uma 29er pura. A idéia foi a de substituir a roda traseira por uma 27.5 sem abrir mão da dianteira 29, experimentando então na prática as particularidades e reações que o formato 650B teria a oferecer, mesmo que dentro de algumas limitações. Uma das preocupações era a de garantir que os efeitos dessa troca modificassem o menos possível a geometria da Niner SIR9 para que a bike continuasse de efetivamente pedalável em todas as situações. O ângulo da caixa de direção que já era elevado, uma marca registrada da Niner, baixou 1 grau, de 72 para 71; já a altura do central em relação ao solo diminuiu apenas 5mm, passando de 293 para 288mm. Um detalhe importante a ser lembrado diz respeito às câmaras de 26” que servem tranquilamente em uma roda 27.5”, além disso, apesar de já ter ouvido o contrário, pude comprovar que as câmaras de 29” também funcionam bem com as rodas de formato intermediário. Como costumo repetir sempre, as 29ers pedem alguma adaptação por parte do piloto até que se possa tirar o máximo proveito das características distintas da bike. Valendo-me do fato de conhecer profundamente as respostas da Niner pude mais facilmente perceber o que de fato havia mudado com escolha da nova roda traseira.



Nas subidas a bordo de uma 29er pura, como resultado do maior diâmetro das rodas, o piloto sente de maneira clara os efeitos da relação 10% mais pesada. Passando aos testes práticos com o aro 27.5, a sensação de pedalada mais pesada desapareceu, o esforço para movimentar a bike pode-se dizer idêntico ao experimentado nas mountain bikes aro 26, por outro lado, o fato dos já curtos chain stays da Niner não estarem preparados para as rodas de diâmetro intermediário, dificultou o ato pedalar em pé nas subidas, exigindo mais movimentação no cockpit por parte do piloto no sentido deslocar peso para roda traseira. Em curvas, como era de se esperar, a bike continuou “colada” ao solo e muito eficiente, talvez com um pequeno ganho nos switchbacks, aquelas mudanças de direção mais agudas no meio de um singletrack. Nas descidas as 29ers são insuperáveis, por isso a roda 650B não representou qualquer ganho, para finalizar, nem mesmo em aceleração nos trechos planos houve uma melhora a ser considerada. No geral o desempenho da roda 27.5 se mostrou satisfatório, sem no entanto suplantar o aro 29 numa avaliação mais abrangente.

Se meus experimentos tivessem sido conduzidos em uma mountain bike especificamente projetada para o aro 650B, encontraria talvez mais virtudes no formato, ainda assim a meu ver as rodas 27.5 não passam de uma resposta à popularidade das 29ers, uma reação tardia vinda daqueles ainda resistentes à revolução causada pela rodas grandes. O fato é que a sobrevida de novos produtos e conceitos depende fortemente de uma aceitação irrestrita por parte do mercado americano, que nesse caso em especial está esfriando. A Haro suspendeu a produção dos modelos 650B para 2011, enquanto a maioria absoluta das outras grandes marcas decidiu apostar todas as fichas no aro 29. Você, ainda proprietário de uma aro 26, pode, quem sabe, experimentar uma roda 27.5 na dianteira enquanto se prepara adquirir sua próxima bike, certamente uma 29er!

Keep 29eriding!

23 comentários:

  1. Mto bom o teste Adil, pelo que entendi, essas rodas são para um "up-grade" na 26 de quem não quer trocar a bike toda para uma 29 mas quer alguns dos benefícios dela...

    Deve ser dificil fazer esses testes, para conseguir os equipamentos...

    Seria perfeito se vc conseguisse fazer um ride teste com a situação real de quem fosse fazer isso, ou seja um par de rodas 650 numa bike aro 26.

    Quem sabe no futuro!

    Abraço, parabéns pelo Blog, o nível aumentou bastante desde o começo e tem se mantido mto bom!

    ResponderExcluir
  2. Só falta arrumar o relógio do Blog... rsrs

    ResponderExcluir
  3. Olá Euler,

    Teoricamente se tiver acesso a uma roda 27.5 e uma bike aro 26, pode experimentar ela na dianteira, ou eventualmente até na frente e atrás (se o quadro e garfo permitirem), desde que o aumento na altura do movimento central não prejudique seu estilo de pedalada.

    Agradeço pelas sugestões e por acompanhar sempre o P29BR.

    Em breve, brindes P29BR para os blog-leitores.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  4. ola galera do pedal venho por esta afirmar q consegui montar em um antigo quadro/garfo caloi aspen de ferro as tao comentadas rodas 650b ou 27.5 ou 26x1/2 e afirmo com todas as rodas q ficou excelente,os v-brakes shimano alivio ficam muito bem instalados e funcionam perfect!!!a bike sobe MUITO BEM ,fiz varios testes em subidas ingremes de paralelepipedos,desce bem tambem,apesar do garfo simples,ah, o pedivela é um sugino de aluminio de 22,32 42 dentes e as rodas sao aros vzan descritos pelo amigo adil,com cubos rodan selados e raios zincados ,pneus levorin praieiros e camaras pirelli 26 normais,completam cambio tras.acera,diant.shimano simples e rapid fire shimano tambem com roda livre shimano 7 velocidades.(nao é k7)nas retas a bike desenvolve muito bem ,da aquela sensaçao de que há algo diferente ,nas curvas apesar do centro de gravidade mais alto,nao senti diferença de erro de trajetória,ou algum desconforto,ao contrario ela fica na mão mesmo,gostosa de pedalar.meu email para contato é :ludopedal@hotmail.com abraços a todos e boas pedaladas!!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá ludopedal,

    Obrigado por participar do P29BR e deixar seu depoimento.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  6. ola adil,gostaria de saber se a vzan ou outra marca de aros tem em sua linha aros 27.5 ,algum para freios a disco hidraulicos.tenho uma gti flx full com grupo completo deore lx hidraulico com aros araya com ilhós. como postei há alguns dias sobre os aros 650b ,deixei de lado a full e estou andando só com esta bike rigida.e como gostei muito da desenvoltura dela.pretendo mudar os aros da full de 26 normais para os 27.5.fico no aguardo atraves de meu email:ludopedal@hotmail.com . sou mecanico e tenho uma pequena oficina aqui na cidade. abraços e boas pedaladas.

    ResponderExcluir
  7. Oi Luciano,

    Existem outras opções sim, mas acredito que nenhuma específica para disco. Caso você queira outra marca é só ppedir por "aro 26 alto tipo Barra Forte". Você só deve conseguir de 36 furos, então pode usar cubo Shimano CenterLock.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, galera da bike...Meu nome é Alvaro e corro de mtb desde 95 até hoje...atualmente uso uma Santa Cruz e suspa Proshock Onix, será que estes aros intermediarios cabem no quadro e guarfo, pois se sim gostaria de usar...para ter bons resultados nas provas vale tudo, rsrs
    Um abraço e parabens pela reportagem.

    ResponderExcluir
  9. Olá Álvaro,

    Obrigado por acompanhar o P29BR.

    Sua intenção é boa, mas eu suspeito que não seja factível. Na ProShock tenho certeza que esses aros não servem. Na Santa Cruz você teria que provar.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  10. Olá Adil,

    Gostei de ler o seu artigo... e tenho uma dúvida a colocar-lhe:

    Então, a 27.5 acaba por ser uma tentativa de aproximar uma bike 26 das vantagens de uma 29er, mantendo um peso inferior e sem a necessidade de comprar uma bike nova.
    Pelo que, comprar umas rodas 27.5 para um quadro/suspenão 26er, desde que caiba seria sempre uma boa opção.

    Então vejamos: Se tivermos umas rodas 26, uns pneus 2.2 ou umas rodas 27.5 uns pneus 2.0, na prática não será a mesma coisa?

    Ao montarmos umas 27.5 numa 26er o eixo pedaleiro irá ficar 1.9cm mais elevado pelas minhas contas, qual é a desvantagem disso? Há alguma vantagem?

    Obrigado

    ResponderExcluir
  11. Olá David,

    Obrigado por participar do P29BR.

    Respondendo a primeira pergunta: Na prática não é a mesma coisa, simplesmente porque as 2.2 ou 2.0 polegadas dizem respeito à largura do pneu e não à altura da banda de rodagem em relação ao aro.

    Digamos que sua bike aro 26" tenha espaço suficiente para a montagem de rodas 27.5". Realmente a altura dos eixos em relação ao solo irá subir conforme você mencionou, o central por consequência ficará também mais elevado, com isso o centro de gravidade da sua bike estará no fianl um pouco mais alto e, nesse caso, você perderá desempenho nas curvas e singletracks.

    Se tiver dúvidas, não hesite, me pegunte.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  12. Certo, mas um 2.2 acaba por ser mais alto que um 1.95 por exemplo não?

    Eu noto com a minha 26 que me sinto bem melhor com um pneu 2.25 (Schwalbe Rocket Ron) do que com uns 1.8... uma diferença dessas em pneus (sendo o 1.8 menos largo e também mais baixo) também se irá reflectir na altura do eixo. Nesse caso acabei por não sentir grande diferença nesse campo.

    A diferença de 27.5 (pneu 2.0) para 26 (pneu 2.2) será ainda assim tão grande em termos de comportamento em curva e agilidade?

    ResponderExcluir
  13. Olá David,

    Comparando-se pneus de mesma marca e modelo, a altura das laterais tende a ser praticamente a mesma, apesar do mais largo também parecer mais alto.

    Digamos que pela maior largura, um pneu qualquer também seja mais alto na medida 2.25 em relação ao mesmo pneu com largura 2.0, se existir essa diferença, ela será de menos de 3mm, então a influência sobre a altura do central e dos eixos será mínima.

    Por outro lado, se você comparar um Rocket Ron 2.25 com um Racing Ralph de Cyclocross ebm mais estreito (http://www.29er.com.br/2010/08/p29br-29er-possibilities-e-se-eu-montar.html), só aí a diferença de altura da lateral será considerável.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  14. Oi Adil,

    Sempre acompanho seu blog apesar de ainda não ter uma 29ER (em breve terei...).

    O que eu queria saber é se você ou algum dos outros leitores do blog conhece algum quadro para aro 26 que possa ser usado com essas rodas.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  15. Olá galera, tenho um quadro Merida Carbo Team com suspa R7 de carbono. Será que dá pra fazer adaptação pra uma 27 ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Le Personal,

      Hoje em dia, apenas os garfos da X-Fusion aro 26 são 100% compatíveis com rodas de 27.5".

      Abs,

      Adil

      Excluir
  16. Oi Adil,
    Estava tentado a fazer um teste com rodas 27.5 em minha bike (Genius 2007) quando vi esse teste.. Grande, ótima iniciativa.
    Voce poderia me ajudar com umas dicas?
    Que cubos usou? E tamanho de raios?
    No meu caso é freio a disco, será que consigo?
    Grande Abraço!
    Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo,

      Peço desculpas pela resposta tardia, mas não tinha recebido o aviso automático da sua pergunta.

      Eu usei um cubo Shimano básico. Em relação ao tamanho dos raios, infelizmente não saberia te dizer, além disso depende da combinação cubo X aro, que pode ser das mais variadas.

      De todas as formas, não é difícil montar a roda, ainda assim, para saber se vai servir na sua Genius, só montando e testando mesmo.

      Abs,

      Adil

      Excluir
  17. Esta semana completei um ano pedalando uma Specialized StumpJumper Comp 29er. Não me arrependi em nenhum momento de ter vendido minha Scott Scale. Em minha opnião a 29er é melhor em tudo, até mesmo em subida, a relação de coroas que vem com a Specialized (38X24) é perfeita, usando tabelas de calculos de relação, esta relação ficou praticamente igual ao que eu usava na 26. Acho que o grande mercado da 27,5 vai ser para ciclistas de menor estatura que não se adaptam tão bem as 29er, é só ler o depoimento do garoto propaganda da Scott/27,5 o Nino Schurter. Vamos esperar para ver.

    ResponderExcluir
  18. adil, tenho uma estatura baixa (1,67m) atualmente tenho uma 26", mas dei um UP legal nela. justificaria eu usar 29"? acabei gastando bem nela porque achei que pela minha estatura, um 29" não serviria para mim. o que me recomenda? valeeu! abraaço! parabens pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Essa história que as 29ers não servem para ciclistas de menor estatura é pura lenda. De qualquer forma, não vejo porque não experimentar uma. Caso o quadro tamanho pequeno masculino fique grande para você, existe ainda outra opção. As principais marcas já produzem modelos de 29ers para mulheres com um standover height bem baixo e adequado até para homens com uma medida de cavalo mais compacta.

      Abs,

      Adil

      Excluir
  19. Eu montei uma 27,5" com quadro especifico para tal e tive uma melhora significativa em relação a 26" que eu tinha. Não provei uma 29er para saber a diferença, mas nesse fim de semana vou rodar em um circuito e fazer voltas com a 26", 27,5" e 29er para ver em que parte uma pode ser melhor do que a outra...
    Mas estou super satisfeito com a 27,5"...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      As opiniões dos leitores são sempre bem vindas!

      Abs,

      Adil

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens Recentes no P29BR