Procure nos arquivos do P29BR

quarta-feira, 13 de julho de 2011

P29BR 29ER TUNING / Rodas VZAN Extreme Disc 29

Conhecendo, Provando, Tunando.

Em 2009 a VZAN anunciou o lançamento das rodas Extreme Disc em versão 29 polegadas. A empresa paranaense foi a primeira fabricante nacional de componentes a apostar de fato no crescimento do então incipiente mercado de 29ers no Brasil, oferecendo um produto de qualidade e bom preço, exclusivamente voltado para os amantes das rodonas. A partir de outubro de 2010 o P29BR passou a experimentar as Extreme Disc 29 já em seu modelo 2011. Foram quase oito meses de testes ininterruptos e uma elevada quantidade de quilômetros acumulados.



As rodas Extreme Disc 29 modelo 2011, diferem das 2010 em termos de grafismo, que ganhou contornos ainda mais marcantes, e por serem oferecidas já com uma fita de aro customizada. Tecnicamente, continuam os aros com paredes duplas e uma zona de fresa entre cada par de ilhóses, característica que colabora para a diminuição do peso das rodas e confere um visual interessante a esses aros brancos da VZAN (também disponíveis na cor preta). São apenas 28 furos, tanto na dianteira, quanto na traseira, montados com raios de inox pretos. Os cubos MTB DV10 contam com rolamentos selados importados do Japão, são dois no cubo dianteiro e quatro no traseiro, são compatíveis com 8, 9 ou mesmo com os novos cassettes de 10 velocidades. Minhas rodas atingiram na balança a marca de 2.020 gramas sem as blocagens e as fitas de aro, um peso bastante aceitável em relação ao preço de venda do produto em torno de 700 Reais.


Em ação, a Extreme Disc 29 se mostrou extremamente confiável, as rodas não desalinharam nunca, apesar de submetidas a um uso bastante pesado. Os cubos seguem funcionando como novos, sem folgas ou falhas nos rolamentos. Em termos de rigidez o conjunto se comportou bem, ainda que possua um número menor de raios que o padrão de 32 furos. Um fato curioso que envolve a Extreme Disc 29 diz respeito à roda-livre do cubo VZAN que emite um som único e todo característico quando em movimento. Com o produto plenamente aprovado, mostrando um nível de qualidade acima da média da categoria onde se encaixa, surgiu naturalmente a idéia de aproveitar todo potencial das Extreme Disc 29 e elevar seu ainda mais desempenho.


Minha intenção em "trabalhar" as rodas da VZAN coincidiu com o desfecho de outra procura que já me consumia há um tempo considerável. Buscava um profissional especializado para montar as rodas das minhas 29ers, contudo queria um expert com profundo conhecimento técnico, daqueles que fazem da montagem de rodas uma arte. Todos me afirmavam que na realidade eu estava querendo demais, que esse tipo de profissional somente poderia ser encontrado na Europa ou nos Estados Unidos. Foi então que numa conversa informal com meu amigo Claudio da Trigon, fiquei sabendo que sim, havia um especialista em rodas aqui mesmo em São Paulo, o Eduardo Franklin (http://www.spadabike.com.br).


Edu, piloto de aviões e também apaixonado por bikes, teve o privilégio de formar-se profissionalmente em mecânica de bicicletas na Inglaterra, onde atingiu a excelência na montagem de rodas seguindo os ensinamentos do mestre Gerd Schraner, instrutor da DT Swiss e mecânico respeitado entre as principais equipes profissionais do UCI World Tour.

Nos encontramos, tivemos uma conversa rápida e percebi que finalmente poderia passar a ter rodas “perfeitas” equipando as 29ers do P29BR. Para o projeto de tuning das Extreme Disc 29 definimos juntos que iríamos manter a essência original das boas rodas da VZAN, escolhemos então seguir utilizando os cubos originais com rolamentos selados e os bonitos aros brancos de fábrica. Os raios seriam os leves DT Swiss Revolution 2.0/1.5/2.0 montados com novos nipples, agora de alumínio.

Por conta de toda ciência que envolve esse tipo de montagem de rodas, nossa escolha de raios e nipples não foi assim tão simples, envolveu algumas particularidades que ainda vou explicar aqui, mas antes disso, preciso falar um pouco sobre a teoria por trás do método utilizado pelo Edu na preparação de suas rodas.


A técnica empregada foi originalmente desenvolvida pelo mecânico chefe da equipe de ciclismo da Suiça nos anos 70, consistindo basicamente na aplicação de uma amarração e solda no ponto de cruzamento entre cada um dos raios, procedimento que limita a pequena movimentação -a princípio imperceptível- que ocorre entre os diversos componentes de uma roda submetida a uso na trilha ou estrada, tornando essa roda muito mais rígida lateralmente.


O processo de fato se inicia com a colocação de pequenas arruelas maleáveis de latão que ficam alojadas entre os furos dos cubos e a cabeça dos raios. As arruelas se moldam de maneira a maximizar a superfície de contato dos raios com o cubo.


Uma cuidadosa centragem é então realizada, sempre apoiada pelo imprescindível uso do tensiômetro e de spoke freeze nas roscas dos raios. Com a roda montada e centrada, solda e fios metálicos de seção milimétrica são usados nas amarração dos raios. Todo o material utilizado vem da linha Pro Line da DT Swiss e agrega míseras 5 gramas ao peso total das rodas.


Por fim, com a técnica de amarração a flange dos cubos fica virtualmente expandida como se o seu diâmetro fosse ampliado até o ponto de cruzamento dos raios, agregando rigidez adicional ao conjunto, o que por consequência otimiza a transferência de potência entre os pedais e o solo.


A DT Swiss recomenda os raios DT Super Comp para mountain bikes que utilizam freios à disco, entretanto eu já havia empregado com sucesso os raios DT Revolution, mais leves, em outras rodas do P29BR, além disso o método de amarração torna ainda mais viável o emprego dos raios Revolution. Em função da necessidade de solda nos fios que unem os raios em seus cruzamentos, é aconselhável optar por raios cor prata, sem o acabamento anodizado em preto. Caso seu budget seja mais elástico e você pretenda alcançar a perfeição acima de tudo, poderá ainda optar pelos raios DT Aerolite com um interessante perfil aerodinâmico, ainda mais leves e de um valor definitivamente mais alto. Infelizmente ainda considero pífia a oferta de raios especiais no Brasil, contudo a Vanguarda, representante oficial da DT em nosso país, acenou com mudanças para breve.

De acordo com a informação disponibilizada no site da VZAN, tanto na dianteira, quanto na traseira são necessários 14 raios de 293mm e outros 14 de 295mm. Em relação aos nipples, os originais de latão foram substituídos por outros de alumínio, de peso bem menor, no entanto aqui uma recomendação importante deve ser respeitada. Um dos pontos-chave para aumentar a vida útil e a qualidade das de suas rodas, é manter a tensão nos raios mais próxima possível do limite do equipamento, por isso os nipples correspondentes aos raios provenientes do drive side (lado direito) do cubo traseiro, necessariamente devem ser de latão, precisam suportar uma tensão maior que 1000 newtons, incompatível com os nipples de alumínio.


Uma atenção especial deve ser dada ao comprimento dos nipples para essas rodas da VZAN, uma variável até certo ponto negligenciada por mim em montagens anteriores. No mercado o mais comum é encontrar nipples de 12mm de comprimento, entretanto apesar da fábrica não mencionar nas especificações dessas rodas, os nipples para a Extreme Disc 29 devem ser os de 14mm de comprimento. Caso prefira ou necessite utilizar os de 12mm, a diferença de 2mm deve ser compensada no comprimento dos raios, que passariam a ser de 295mm e 297mm.


A rigidez lateral das rodas amarradas e tunadas é impar, não se discute, entretanto uma avaliação mais profunda deve considerar também o "desempenho" das Extreme Disc 29 na balança. Montadas com os novos raios e nipples, as rodas da VZAN emagreceram 175 gramas no total, uma economia de peso na ordem de 8% em relação às 2.020 gramas iniciais. Num primeiro momento pode não parecer muito, mas em se tratando de rodas para 29ers, essas quase duas centenas de gramas somadas ao mencionado aumento da rigidez do conjunto fazem uma fundamental diferença no quesito aceleração. De qualquer forma, a questão do peso é um pouco mais complexa e os números devem ser analisados com maior profundidade. Quanto maior a parcela de redução de peso na periferia da roda (mais distante do eixo), menor o chamado peso rotacional e, consequentemente, mais facilmente as rodas irão acelerar. No caso desta Extreme Disc 29, os nipples de alumínio propiciam uma considerável redução nesse peso rotacional periférico, são 47% mais leves em relação aos nipples originais de latão.


As rodas Extreme Disc 29 sempre se mostraram robustas e confiáveis. Agora meticulosamente remontadas, amarradas e equipadas com raios e nipples mais leves, estão um degrau acima. Os exemplares do P29BR tunados pesam no momento 1.850 gramas sem as blocagens, podendo perfeitamente ser comparados a outros modelos de rodas de grandes marcas internacionais que custam mais que o dobro destas da VZAN. Como vivo insistentemente repetindo, se você realmente pensa em diminuir o peso de sua bike, não há upgrade mais eficiente e inteligente que este. Fique atento porque a viabilidade econômica das modificações aqui realizadas depende muito do preço que você conseguir pagar pelos raios, principalmente. O serviço de montagem Gold custou 100 Reais e é bastante recomendável mesmo para aqueles que não pretendem ou necessitam trocar os raios.


Há alguns meses a VZAN, atenta às necessidades dos seus clientes, pediu a opinião do P29BR em relação à possibilidade de desenvolver outro modelo de rodas aro 29 polegadas mais leves, pois bem, essas rodas já estão sendo testadas mecanicamente e devem chegar às lojas nos próximos meses.

Espero que este post possa ter ajudado você, blog-leitor, a reconhecer o real potencial das rodas VZAN Extreme Disc 29 e que o texto venha a facilitar sua avaliação em relação aos melhores upgrades para sua 29er.

Keep 29eriding!

56 comentários:

  1. Sempre surpreendendo Adil.
    Obrigado pela dica.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Deu vontade de comprar um par de rodas assim e entregar pro Edu e dizer: Faz igual ai...he he.

    ResponderExcluir
  3. Adil tenho uma Caloi two niner ha 4 meses, só pedalo uma vz durante a semana e uma no fds! vc acha interesante a aquisição das rodas da VZAN levando em consideração o pouquisimo uso das minha rodas quase novas? teria um disenpenho notavel?
    valeu abraço!
    DANIEL

    ResponderExcluir
  4. Adil, 100 reais é o valor de Mão de obra por roda? Inclui os raios também?

    ResponderExcluir
  5. Realmente interessante, já sei onde montar minhas rodas!
    Só uma pergunta, considerando a rigidez das rodas originais com a das rodas tunadas, há uma diferença muito grande?

    ResponderExcluir
  6. A Vzan mostra que está antenada!!! Visto que na XC WorldCup e na Cape Epic desse ano muitas rodonas estavam presentes provando que não é só mais uma moda como muitos acreditavam... Mas no Brasil tá dificil achar mais opções de componentes pra montar uma bike... Tinhamos a SAGA, mas não sabe-se o destino da marca,a esperança éa MOB que prototipo, a ProShock pelo que percebo ainda não saiu dos prototipos, somente a Vzan tá acreditando nas Rodonas!!!

    Vamos torcer pro mercado abrir mais portas pras 29'er!!!

    E Viva as 29'er

    ResponderExcluir
  7. Essas rodas são bonitas,seriam menos rígidas que as originais?Adil,vc sabe dizer quantos quadros 29 da Saga ainda estão disponíveis para venda na fábrica?No mercado livre existem alguns 16 e 18,existe 20?.E os quadros da Mob,já estão disponíveis para venda?.Um conhecido meu,dono de revenda Specialized,me disse que da linha 2012,ele vai fazer 70% das encomendas de Mtb de bikes 29.A tendência é mesmo irreversível.

    ResponderExcluir
  8. Montagem de aro é uma arte, trabalho de monge. Depois dessa aula, fiquei de queixo caido!!!!

    Parabens Adil pelos detalhes!!!

    ResponderExcluir
  9. Adil, tenho uma cannondale com garfo left, qual cubo vc indicaria p/ por na roda vzan, já que a mesma têm apenas 28 raios.

    ResponderExcluir
  10. Edu / SPA DA BIKE17 de julho de 2011 14:50

    Olá Adil,
    Gostaria de agradecer pela oportunidade de divulgar o meu trabalho no seu Blog! Valeu!

    Respondendo a pergunta do Luiz Fernando...
    O preço da montagem é de 100 reais por roda e não inclui os raios!
    A princípio pode parecer caro, mas se vc comparar com o preço de uma revisão(em torno de 100 reais) não fica tão caro assim, pois a revisão terá que ser refeita mais de uma vez durante o ano, já a sua roda terá garantia de 1 ano e vai durar por muito tempo!!!

    Forte abraço à todos,
    Edu

    ResponderExcluir
  11. Adil tenho uma 26" e estou doido pra pegar uma 29". Sendo que minha 26" tem aros crank brothers cobalt preto/dourado, e são meu xodó por serem bonitas demais.
    Vi que tem cobalt 29" mas não sei muito sobre elas, vc sabe algo sobre?
    recomenda?
    Deve ficar muito bonito uma 29" com cobalt pois são poucos raios, ela é bem estilosa ter raios bem espaçados na 26"

    ResponderExcluir
  12. Olá Luiz,

    Conforme explicou o Edu, 100 Reais é o equivalente ao custo de mão de obra para a montagem de cada uma das rodas seguindo o método de amarração.

    Os raios você ainda precisa comprar fora, pois a oferta no Brasil é quase que inexistente hoje.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  13. Olá Daniel,

    Se você eventualmente usa a sua Caloi Two Niner para competir ou gosta de fazer longas distâncias, as rodas com peso aliviado vão de fato fazer diferença no desempenho, além do que, amarradas não desalinham nunca.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  14. Olá Anônimo,

    A rigidez das rodas originais é bastante boa, entretanto as rodas tunadas com o método de amarração atingem um outro patamar, ficam muito mais race, transferindo a potência dos pedais ao solo com muito menos perdas, em virtude de anular qualquer micro movimentação que poderia ocorrer entre cubos, raios e aros.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  15. Olá Ale Sabia,

    Tenho certeza que as opções em equipamentos para 29ers crescerão bastante aqui no Brasil.

    Dá só uma olhada no mercado mundial, se o P29BR fosse falar sobre todos os lançamentos que estão aparecendo para 2012, eu nem conseguiria dar conta. Tudo isso certamente será refletido no mercado brasileiro.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  16. Oi Ricardo,

    Obrigado por participar do P29BR.

    A rigidez superior é um dos pontos fortes das rodas tunadas.

    Algumas lojas ainda possuem quadros Saga, entre elas a Pedal da Vila aqui de São Paulo. Não foi desenvolvido um tamanho 20", o 16" é basicamente o mesmo que o tamanho 20", apenas com o seat tube mais curto.

    Os quadros MOB já estão em produção e seu grafismo em fase final de desenvolvimento. Acredito que em dois meses estarão por aqui.

    A tendência pelas 29er é de fato fortíssima no mercado.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  17. Obrigado Rogério, continue acompanhando e participando do P29BR.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  18. Olá Padhero,

    No seu caso, uma boa opção de cubo com 28 furos para a Lefty seria o Project 312:

    http://www.project321.com/products_bike-lefty-hub.php

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  19. Sensacional esta matéria, parabéns!

    Gostaria de tunar minhas rodas Vzan Extreme 29 também, vou ver a possibilidade de encomendar os raios e, se possível, um par de aros mais leves ZTR, mantendo os cubos originais.

    Vou entrar em contato com o Edu, ele manja mesmo, hein?

    Estas amarrações fazem todo sentido, ainda mais em se tratando de raios mais longos comparando-se com os 26"...

    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Fala Adil...

    Gostei dos nipples verdes anodizados...

    Falando neles, é importante instalar nipples de qualidade, não é?

    Abraços!

    ResponderExcluir
  21. Então Adil, vai usar as rodas em Santiago de Compostela?
    Boa viagem.

    ResponderExcluir
  22. Caraaaca véi!!! Porquê que esse cara não tá trabalhando na MAVIC ou na ROVAL??? Ou na própria DT mesmo?? Hmmm... Deve ser porque nenhuma delas tem rodas de fábrica com isso... Porquê será? Daqui a pouco vai ter nêgo pedindo pra dar um pingo de solda MIG em todos os cruzamentos "pra ficar igual Downhill"... Taí, Personal Spoke Soldeitor Tabajara!! Eu agarântio!!
    Pô rapaziada, desculpa a palhaçada mas não me aguentei com essa. Quem leva fé por favor não se abale, mande fazer nas suas rodas. Só quero que todo mundo pedale bem.

    ResponderExcluir
  23. Oi anônimo,
    Gostei da piada, até que é engraçadinha! Mavic, Roval e DT SWISS são grandes marcas e oferecem produtos de alta qualidade. Porém são rodas montadas por caras máquinas alinhadoras, num processo industrial com grande volume de produção. Seria impossivel para estas marcas realizar um serviço artesanal, como o que eu faço. Com o meu método consigo fazer, por exemplo, com que um conjunto simples e barato como, cubos deore/raios inox(1 real)/aro VZAM chegue numa rigidez e durabilidade de uma cara Mavic ou Roval... de qualquer forma a amarração é apenas um dos pontos em que me apóio para atingir a qualidade das minhas rodas!!! Estou à sua disposição para que conheça melhor o tipo de serviço que eu faço.

    Abs à todos,
    Edu

    ResponderExcluir
  24. Falando em novidades pra 2012, que fim levou o prototipo da ProShock de uma garfo pra rodas 29"? Vc teste, mostrou video do funcionamento... mas até hoje não vi o garfo a venda.

    A Proshock desistiu do projeto? o que seria uma pena!!!

    E Viva as 29ers

    ResponderExcluir
  25. Adil,

    Tudo bem? Bom , gostaria de saber se vc sabe onde eu encontro a bike da cannondale SL 2 29er na cor preta pra comprar... Não encontro em loja alguma. Espero que me ajude...

    Obrigado

    Julio

    ResponderExcluir
  26. Adil tenho uma 26" e estou doido pra pegar uma 29". Sendo que minha 26" tem aros crank brothers cobalt preto/dourado, e são meu xodó por serem bonitas demais.
    Vi que tem cobalt 29" mas não sei muito sobre elas, vc sabe algo sobre?
    recomenda?
    Deve ficar muito bonito uma 29" com cobalt pois são poucos raios, ela é bem estilosa ter raios bem espaçados na 26"

    ResponderExcluir
  27. Julio,

    manda um email pra
    bikesportitapira@hotmail.com

    fala com o mimo.
    ele te consegue uma cannondale trail 2 29.

    ResponderExcluir
  28. Obrigado Carlo...
    Valeu

    ResponderExcluir
  29. Fico imaginando se:
    Aros Flyer 700c 32f ( montei com eles, com notubes, ficou muito bom.)
    Aros : 940 g
    Raios DT Swiss revolution: 310 g
    Niples : 40 g
    Cubos Novatec d711sb d712sb: 415g

    Total: 1705 g

    Eu acho ótimo custo x beneficio x peso

    Freirevet@gmail.com

    ResponderExcluir
  30. Ao SR ANÔNIMO que não acredita na técnica do Eduardo:
    http://www.weightweenies.com.br/blog/?p=1911
    Dê uma olhada na roda com raios amarrados... Exatamente iguais aos do Edu. Parece que ele pode ser contratado SIM pela MAVIC, ROVAL hein?

    ResponderExcluir
  31. Este método de amarrar ou soldar o raios é muito utilizado em rodas de motos cross e enduro, também já utilizei muito nas rodas 26 e também apliquei na minha nova bike uma 29, realmente aumenta muito a rigidez das roda.
    Sou mecânico de mtb.

    ResponderExcluir
  32. Boa tarde amigos, eu comprei um jogo de cubos rotaz revolution, 1 par de aros ztr creest, queria saber a medida dos raios, acho que vou usar dt swiss revolution.

    Se eu enviar as peças para o colega, ele faz o serviço ?, sou de bauru, interior de sp.

    supericepower@gmail.com

    Abraços !

    ResponderExcluir
  33. Olá Power Forex,

    Para saber a medida correta dos raios, aconselho pedir ajuda ao Edu da Spa da Bike, pode enviar os componentes para ele.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  34. Caro Adil,
    Você ainda tem este par de rodas a disposição ?
    Enviei um email pra você depois quando tiver um tempo me responde pra mim por favor.
    abraços e parabéns pelo trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leandro,

      Obrigado por acompanhar o P29BR!

      Ainda tenho esse par de rodas, sim. Eu te respondi imediatamente quando você me escreveu no último sábado. Imagino que minha mensagem possa ter caído na sua caixa de spam ou coisa parecida. Dê uma olhada por favor.

      Abs!

      Excluir
    2. Adil tentei mais deu algum problema no meu e-mail pois infelizmente não recebi. Por favor encaminhe novamente para leandrominastour@hotmail.com e envie cópia para jf29er@gmail.com
      Estou bem interessado em montar uma roda nova p/ mim mais e leve e resistente e com rolamentos. Acho que a sua irá se encaixar.

      Muito obrigado.

      Excluir
  35. Estou querendo colocar na minha humilde bike elite 30 essas rodas extreme e agora com toda a informação de melhorar ainda mais o peso e qualidade fiquei ainda mais entusiasmado.
    Bom o fato é que sou de Recife-PE e acredito que os caras daqui irao fazer um serviço desses caso eu venha a adquiri-las, então gostaria de saber se Adil você vende já com essss alterações ?
    Se sim favor me enviar email: andre8035@hotmail.com
    Agradeço a atenção,

    Paulo André.

    ResponderExcluir
  36. Olá Paulo André,

    Obrigado por participar do P29BR!

    O site não comercializa rodas, mas de todas as formas sugiro que adquira as Extreme e mande para o Edu do Spa da Bike. Ele pode te fazer o serviço de tuning e enviar as rodas de volta para você.

    Abs,

    Adil

    ResponderExcluir
  37. Olá Adil, parabéns pelo site, tem me ajudado muito. Conhece as rodas 29 da tsw? Estão com um bom preço na minha região e os cubos são de 2 rolamentos na frente e 4 na roda traseira, o que ajuda a tracionar melhor, mas como é uma marca que não conheço gostaria de uma opinião a respeito. Obrigado desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Não conheço essas rodas, mas como considero esse um item fundamental para uma 29er. Pessoalmente sem grandes informações sobre essa marca, não decidiria por ela.

      Abs,

      Adil

      Excluir
  38. Olá Adil, a meu vê essa roda é muito boa até mesmo o modelo que vem de fabrica sem nenhuma modificação técnica como essa, porem um amigo que usa uma extreme 29er durante um ano e meio, quebrou a roda traseira, ele é um cara de estilo bem agressivo mas mesmo assim eu acho que essa roda não deveria quebrar dessa forma, se eu tivesse seu email mandaria as fotos da roda para você entender o caso. O fato é que ele sofreu um acidente onde um galho agarrou no guidão e o virou bruscamente isso bloqueou o giro e a roda de trás levantou, mas ele conseguiu voltar a direção à sua posição inicial e a roda sofreu um grande impacto ao voltar pro solo, segundo ele esse foi o ocorrido e quando ele foi ver o que havia ocorrido com a roda encontrou-a quebrada em três pontos: na junção do aro (emenda) e em dois pontos em raios distintos. Até agora não entendi o motivo dessa quebra tão grave assim. Agradeço se você me tirar essa dúvida e se vale a pena comprar outro aro e remontar a roda novamente. Rubens Freitas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rubens,

      Sofri algumas quedas violentas como essa e claro, já quebrei várias rodas, incluindo de marcas internacionais mais famosas.

      Pelo que você me contou, não diria ser um problema construtivo da roda do seu amigo. Além disso há muito que se considerar numa análise, tipo peso do piloto, se está usando uma full suspension ou não, etc.

      Abs,

      Adil

      Excluir
  39. olá adil,

    queria te pedir a gentil opinião sobre essas rodas... possuo um par novinho, menos de 250km, e planejo comprar um bike nova (a caloi vitus 29) e vender a antiga (uma caloi 29er 2012).

    planejo ficar com o melhor par de rodas... e queria te perguntar, qual das duas vc escolheria? a extreme 2014 ou a original da caloi vitus (aro ZTR rapid + cubos SLX)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Samuel,

      Fico com a roda equipada com os aros da Notubes, meus prediletos, que são facilmente conversíveis para tubeless e bastante confiáveis.

      Abs,

      Adil

      Excluir
  40. Boa tarde! teria como comprar um par de rodas já montadas por você? obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jean,

      O P29BR não vende produtos, contudo sugiro que entre em contato com o Edu do Spa da Bike, ele certamente poderá te ajudar.

      http://www.spadabike.com.br

      Abs,

      Adil

      Excluir
  41. Olá Adil vale a pena comprar um par de rodas vzan extreme 29 mesmo que não venha tunar elas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joel,

      Se você encontrou uma boa oferta e vai utilizar as rodas em uma bike de XC, até valeria a pena. Por outro lado, caso tenha interesse em montar pneus mais robustos ou seja proprietário de uma trailbike, essas rodas já estariam um pouco desatualizadas.

      Abs,

      Adil

      Excluir
    2. Bom dia Adil, vendo o comentário do amigo acima, digo que faço trilhas cheias de pedras, raízes e estou pesando quase 100kg.
      O aro Vzan Extreme 36f estava atendendo bem, até perder o alinhamento em um rock gardem seguido de um belo capote... e agora preciso trocar o aro.
      Pergunto, vale a pena subsituir por outro igual? Qual recomendarias com um bom CxB?
      Obrigado

      Excluir
    3. Olá Rodrigo,

      Em termos do preço o VZAN é uma opção. O problema é que a oferta de aros avulsos no mercado nacional não é boa.

      Pessoalmente gosto muito dos aros da Spank, só que não vão te custar barato.

      Abs,

      Adil

      Excluir
  42. Bom dia Adil, vendo o comentário do amigo acima, digo que faço trilhas cheias de pedras, raízes e estou pesando quase 100kg.
    O aro Vzan Extreme 36f estava atendendo bem, até perder o alinhamento em um rock gardem seguido de um belo capote... e agora preciso trocar o aro.
    Pergunto, vale a pena subsituir por outro igual? Qual recomendarias com um bom CxB?
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodrigo,

      Em termos do preço o VZAN é uma opção. O problema é que a oferta de aros avulsos no mercado nacional não é boa.

      Pessoalmente gosto muito dos aros da Spank, só que não vão te custar barato.

      Abs,

      Adil

      Excluir
  43. Bom dia Adil!

    Aproveitando a matéria sobre rodas e raios. Estou com problemas com quebra de raios na roda traseira original da Caloi Vitus 29er, roda ZTR Rapid com cubo Shimano SLX M675. Estou pensando em trocar o jogo de raios completo, como faço para saber a medida certa dos novos raios? Este raio seria bom: Raio DT Swiss Competition.

    Desde já agradeço sua gentil atenção!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Teoricamente el problema de quebra de raios se resolveria com uma centragem profissional com o apoio de um tensiômetro.

      O ideal seria levar suas rodas para um especialista, inclusive ele poderia medir os raios para você. De todas as formas você consegue fazer as medidas com uma trena, neste caso, não esqueça de considerar uns milímetros extras pela parte das roscas que transpassa para dentro do aro.

      Os raios Competition são os básicos da DT, se você quer algo melhor (e mais leve), teriam que ser os modelos SuperComp ou Revolution.

      Abs,

      Adil

      Excluir
  44. Adil, eu estava pensando em comprar niples de alumínio. Mas a diferença de peso são míseros 15g? Ouvi gente dizendo que 64 niples de latão pesam 240g e 64 niples de alumínio pesam 120g. Achei um exagero, rsrs. Então se eu trocar os niples da minha bike, não perderei 120g nas rodas??

    Att,
    Ramai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ramai,

      Obrigado por participar do P29BR.

      Conforme você pode conferir nas tabelas publicadas neste post, a única possibilidade de tirar mais de 100 gramas das suas rodas é trocando os raios, proporcionalmente a diferença de peso entre os nipples de latão e de alumínio é pequena.

      Abraço,

      Adil

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens Recentes no P29BR